quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

APAGÃO

A NOSSA DEPENDÊNCIA DAS FONTES NÃO RENOVÁVEIS

 Com a atual tecnologia disponível, quanto mais energia renovável fizer parte da matriz energética, maiores serão os riscos de apagão

 

apagãoQuanto mais energia renovável na matriz energética de um país, melhor será para todos, certo? Com a atual tecnologia, principalmente no que se refere ao armazenamento de energia, a resposta é "errado".

Explico: as fontes de energias renováveis são aquelas que dependem da natureza, das condições climáticas de cada região. Senão, vejamos: as hidrelétricas dependem das chuvas; as eólicas dependem dos ventos; as solares dependem do sol; e assim por diante.

Portanto, se tivessemos uma matriz energética com 100% de fontes renováveis, dependeríamos 100% das condições climáticas de cada região, certo? E isso é bom? Certamente que não. Estaríamos muito vulneráveis a apagões.

Então, por que defendemos tanto as fontes renováveis? Porque elas poluem menos; porém, para que fossem perfeitas, ou próximo disso, suas energias deveriam ser armazenadas em grandes quantidades para que pudessemos utilizá-las quando as condições climáticas fossem desfavoráveis.

Hoje, dentre todas as renováveis, só conseguimos fazer isso com as hidrelétricas com reservatórios, tão combatidas pelos ambientalistas. As usinas atuais, a fio d'água, não têm essa capacidade.

Há tecnologias sendo desenvolvidas para aumentar a capacidade de armazenamento de energia das fontes renováveis, mas, atualmente, elas ainda não existem e essas fontes continuam a depender, sim, da natureza. 

Veja a atual situação brasileira: estamos com as térmicas a combustíveis fósseis ligadas a pleno vapor para "substituir" as hidrelétricas que estão com seus reservatórios a 30% da capacidade.

E se não tivessemos essas térmicas, contando apenas com as renováveis? As térmicas são mais poluentes e mais caras, portanto não são a melhor opção tanto ambiental como econômica, mas são necessárias para evitarmos apagões.

O nosso problema, agora, é que, talvez, nem com as térmicas consigamos evitar apagões, por motivos diversos.

O que deve ficar claro é que essa situação atual nos mostra que, com a atual tecnologia disponível, a despeito de todas as outras questões envolvidas, não podemos depender de uma matriz energética majoritariamente renovável e que ainda precisaremos de uma parte dela não renovável para evitarmos os apagões. 
 

Um comentário:

  1. Evidente artigo.Espero que o Brasil consiga o mais breve possível, soluções plausíveis para o sistema elétrico vigente.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Blog 8 - Cadastro de Blogs